Depois da polémica o jornalista angolano, Rafael Marques, acabou por ser recebido pelo Presidente João Lourenço. O responsável pelo "Maka Angola" tinha sido impedido de participar num encontro que incluiu ativistas dos Direitos Humanos, entre eles Luaty Beirão, porque o seu nome não constava da lista dos convidados da reunião.

A Presidência angolana veio, posteriormente, assumir o erro de organização e informar que o jornalista seria recebido, por João Lourenço, em encontro privado. Foi o que aconteceu ontem.

No final do encontro, aos jornalistas, o também ativista dos Direitos Humanos reconheceu que houve uma "grande" mudança desde que João Lourenço assumiu os destinos do país mas frisou que a situação económica do país continua a ser delicada.

Chefe de Estado e jornalista falaram sobre a situação dos Direitos Humanos no país, o combate à corrupção e sobre a Operação Resgate. Em relação à corrupção Rafael Marques afirmou aos jornalistas que ele é um "cancro" na sociedade angolana que consome recursos que poderiam ser investidos na Educação e Saúde.

No seu jornal, Maka Angola, Rafael Marques fez também uma avaliação positiva do encontro com o chefe de Estado:

"O presidente João Lourenço encorajou-me hoje a prosseguir com as minhas investigações sobre a corrupção e a encaminhar os casos à Procuradoria-Geral da República.

A luta contra a corrupção, incluindo o repatriamento de capitais, é uma das prioridades do seu governo. Para o efeito, conta com o contributo dos cidadãos na moralização da sociedade. (...) Em resumo, falei com um presidente franco e aberto, receptivo ao diálogo e à crítica", escreve o jornalista na referida publicação na internet.

Rafael Marques tem delatado, ao longo dos anos, casos que considera escandalosos no seu país. O antigo Presidente de Angola, José Eduardo dos Santos e os seus filhos foram muitas vezes alvo das suas críticas. Chegou mesmo a ser julgado, e absolvido, já na era João Lourenço.

 

(Foto: @GovernodeAngola)

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Cabo Verde primeiro país africano a aderir à descarbonização dos transportes

A cerimónia de adesão à referida Aliança decorreu hoje, 24 d...

Cabo Verde    24 abril 2019

Tribunal reduz pena a Lula da Silva

O Superior Tribunal de Justiça do Brasil decidiu passar de 1...

Brasil    24 abril 2019

Aprovada proposta de lei para criação de autarquias em Angola

Foi aprovada, pelo Parlamento angolano, na generalidade, a p...

Angola    23 abril 2019

Presidente de Moçambique na China

Filipe Nyusi está, em Pequim, para participar no segundo Fór...

Moçambique    22 abril 2019

Países lusófonos entre a boa e a difícil situação no que toca a liberdade de imprensa

Portugal subiu dois lugares na classificação dos Repórteres ...

Geral    22 abril 2019