No âmbito desta operação do Ministério Público angolano, Manuel Vicente e o General Hélder Vieira Dias já entregaram cerca de 31 por cento das acções que detinham no Banco Económico.

Quer o ex-vice-Presidente angolano quer o antigo Chefe da Casa Militar de José Eduardo dos Santos tinham beneficiado de empréstimos públicos para adquirirem participações no antigo BESA.

O Serviço Nacional de Recuperação de Activos exige também a devolução de 25 milhões de euros ao General Leopoldino Fragoso do Nascimento adiantados pelas finanças públicas angolanas. A verba destinou-se à aquisição de perto de 20 por cento daquela instituição bancária privada.

De acordo com a referida entidade esta figura também ligada ao anterior Chefe de Estado de Angola recebeu 50 milhões de euros, tendo já devolvido, aos cofres públicos, metade da verba.

Aquele departamento da Procuradoria-geral da República de Angola esclarece que existe um compromisso para o pagamento do montante em dívida e se o mesmo for desrespeitado instaurará de imediato “procedimento cautelar de arresto”.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Papa Francisco apela à união em Moçambique

Foi frente a cerca de 80 mil fiéis, num dia de chuva, que o ...

Moçambique    07 setembro 2019

Papa encoraja jovens moçambicanos a serem tenazes

Francisco lembrou, a propósito, a figura de Eusébio. No enco...

Moçambique    06 setembro 2019

Guiné-Bissau e Moçambique vencem jogo de apuramento para o Mundial

Ambas as selecções ganharam por uma bola a zero no terreno d...

Geral    06 setembro 2019

Papa já está em Moçambique

Francisco chegou ontem a Maputo, tendo sido recebido em ambi...

Moçambique    05 setembro 2019

Presidente da América do Sul vão apelar à protecção da Amazónia

Chefes de Estado da região preparam, para amanhã, o lançamen...

Brasil    05 setembro 2019