No âmbito desta operação do Ministério Público angolano, Manuel Vicente e o General Hélder Vieira Dias já entregaram cerca de 31 por cento das acções que detinham no Banco Económico.

Quer o ex-vice-Presidente angolano quer o antigo Chefe da Casa Militar de José Eduardo dos Santos tinham beneficiado de empréstimos públicos para adquirirem participações no antigo BESA.

O Serviço Nacional de Recuperação de Activos exige também a devolução de 25 milhões de euros ao General Leopoldino Fragoso do Nascimento adiantados pelas finanças públicas angolanas. A verba destinou-se à aquisição de perto de 20 por cento daquela instituição bancária privada.

De acordo com a referida entidade esta figura também ligada ao anterior Chefe de Estado de Angola recebeu 50 milhões de euros, tendo já devolvido, aos cofres públicos, metade da verba.

Aquele departamento da Procuradoria-geral da República de Angola esclarece que existe um compromisso para o pagamento do montante em dívida e se o mesmo for desrespeitado instaurará de imediato “procedimento cautelar de arresto”.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019

Ponte desaba no Norte de Moçambique

A queda da infraestrutura deixa milhares de pessoas isoladas...

Moçambique    28 dezembro 2019

Autoridades portuguesas desmantelam rede de imigração ilegal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras desarticulou um grupo...

Portugal    22 dezembro 2019