Arranca hoje o XIII Congresso Ordinário da UNITA, União Nacional para a Independência Total de Angola, o principal partido da oposição em Angola, no município de Viana, em Luanda. 

O conclave decorre até dia 15 e dele sairá o sucessor de Isaías Samakuva, atual presidente, da formação do "Galo Negro", que geriu o partido nos últimos 16 anos.  

Na corrida estão cinco candidatos: o atual presidente do grupo parlamentar do partido, Adalberto da Costa Júnior, o vice-presidente, Raul Danda, o porta-voz da formação, Alcides Sakala, o deputado José Pedro Katchiungo e o General Abílio Kamalata Numa. O vencedor terá de conseguir 50 por cento dos votos mais um, caso contrário haverá segunda volta.

Nos últimos dias os candidatos fizeram campanha e desdobraram-se em eventos e encontros para conseguir apoios e conquistar os 1.150 delegados ao congresso.

O vencedor será o terceiro presidente da UNITA depois de Samakuva e do e líder histórico, o falecido Jonas Savimbi, que fundou o partido em 1966.

No congresso será ainda debatida, e entre outras coisas, a imposição de limites aos mandatos.

 

 

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Ao terceiro jogo angolanas ganham e Brasileiras perdem no Mundial de Andebol feminino

A terceira jornada da fase de grupos da competição ditou a p...

Geral    04 dezembro 2019

Primeiro-Ministro de Timor defende Orçamento Geral do Estado

Taur Matan Ruak considera que a despesa inscrita no document...

Timor-Leste    03 dezembro 2019

Governo estuda privatização do Banco do Brasil

A proposta está a ser elaborada pelo Ministério da Economia ...

Brasil    03 dezembro 2019

Sortes diferentes para angolanas e brasileiras no Mundial de Andebol

Na segunda jornada da prova, as representantes de Angola per...

Geral    03 dezembro 2019

Portugal vence Mundial de Futebol de Praia

É a terceira vez que a selecção lusa concretiza esse objecti...

Portugal    02 dezembro 2019