Arranca hoje o XIII Congresso Ordinário da UNITA, União Nacional para a Independência Total de Angola, o principal partido da oposição em Angola, no município de Viana, em Luanda. 

O conclave decorre até dia 15 e dele sairá o sucessor de Isaías Samakuva, atual presidente, da formação do "Galo Negro", que geriu o partido nos últimos 16 anos.  

Na corrida estão cinco candidatos: o atual presidente do grupo parlamentar do partido, Adalberto da Costa Júnior, o vice-presidente, Raul Danda, o porta-voz da formação, Alcides Sakala, o deputado José Pedro Katchiungo e o General Abílio Kamalata Numa. O vencedor terá de conseguir 50 por cento dos votos mais um, caso contrário haverá segunda volta.

Nos últimos dias os candidatos fizeram campanha e desdobraram-se em eventos e encontros para conseguir apoios e conquistar os 1.150 delegados ao congresso.

O vencedor será o terceiro presidente da UNITA depois de Samakuva e do e líder histórico, o falecido Jonas Savimbi, que fundou o partido em 1966.

No congresso será ainda debatida, e entre outras coisas, a imposição de limites aos mandatos.

 

 

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019