O mandado de prisão do ex-Presidente do Brasil partiu dos procuradores da Operação Lava Jato. O político encontra-se sob custódia policial, no Aeroporto Guarulhos, nos arredores de São Paulo, seguindo – para o Rio de Janeiro – num avião da polícia federal.

Na antiga capital brasileira, o sucessor de Dilma Rousseff será presente ao juiz encarregado da Operação Lava Jato, Marcelo Bretas.

A detenção do ex-Chefe de Estado ocorreu na sua residência, no centro da capital paulista, tendo por base a denúncia, a troco de redução de pena, do dono da empresa Engevix, envolvido no processo Lava-Jato.

José Antunes Sobrinho, segundo a polícia, referiu que entregou um milhão de reais, a um intermediário, com o conhecimento de Michel Temer, como troca de favores relativos a obras na Central Nuclear Angra 3, no Estado do Rio.

Com base na delação, foram também emitidos mandados para a detenção  do Coronel João Baptista Lima Filho e de Moreira Franco, ex-Ministro das Minas e Energia.

O ex-Presidente brasileiro está a ser alvo de dez inquéritos por corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, organização criminosa, entre outros crimes.

Michel Temer assumiu a chefia do Estado após a destituição de Dilma Rousseff, em 2016, pelo Congresso.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Um milhão de euros para apoiar Presidenciais guineenses

A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presid...

Guiné-Bissau    02 outubro 2019

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019