Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda, as Lojas H&M e o Grupo Salmon. As três primeiras deixaram de utilizar couro brasileiro, enquanto a última parou de comprar soja.

Estas decisões foram tomadas após os incêndios que devastaram milhões de hectares de floresta, na Amazónia.

Nenhuma relaciona directamente o impacto desses fogos às medidas que tomaram, mas avançaram com razões ambientais.

O produtor norueguês de salmão justifica que pretende contribuir para redução de emissões de carbono decorrentes da produção de soja, enquanto as duas primeiras marcas de calçado e vestuário preferiram ligar o corte a medidas de segurança tendentes a reduzir os danos na natureza.

A H&M relaciona a suspensão das compras de couro com as políticas do Governo brasileiro. A cadeia sueca afirma que vai manter a resolução enquanto o executivo não comprovar que a produção de bovinos é sustentável e não prejudica a natureza.

O Ministério da Agricultura do Brasil tenta desvalorizar a situação, dando a ideia que o impacto nas exportações do país é uma gota de água no oceano, mas promete provar aos compradores internacionais que a agricultura e a pecuária que praticam é sustentável do ponto de vista ambiental, não contribuindo para os danos na floresta.

 

Foto: Nasa

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Um milhão de euros para apoiar Presidenciais guineenses

A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presid...

Guiné-Bissau    02 outubro 2019

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019