Foi inaugurado o Tribunal de Sector de Bubaque, na região de Bolama/Bijagós, na Guiné-Bissau. A instituição está equipada e pronta a funcionar, como esclarece, no seu perfil de Facebook o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento para a Guiné-Bissau, organismo que financiou, o projeto no âmbito do projeto "Estado de Direito e Justiça". Uma obra com um custo de menos de 200 mil euros, mais de 115.000.000 de Francos CFA. Na inauguração esteve presente o Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Iaia Djaló, e o Representante Residente Adjunto do PNUD, Gabriel Dava.

Trata-se do terceiro tribunal construído no país, no quadro do referido projeto. O objetivo é "descentralizar e aproximar os serviços de justiça dos cidadãos e, assim, assegurar que as populações das diferentes regiões do país tenham acesso a serviços judiciais de qualidade", lê-se na já mencionada rede social.

Tinham sido já inaugurados os tribunais sectoriais de Canchungo na região de Cacheu, em junho de 2016 e o de Mansoa, na região de Oio, no passado mês de maio.

Em julho de 2017 foi iniciada, com o financiamento do Fundo das Nações Unidas para a Consolidação da Paz a Casa da Justiça de Gabu, na cidade com o mesmo nome, que albergará um Tribunal de Sector, um Centro de Acesso à Justiça, uma Conservatória do Registo Civil e um Centro de Produção e Emissão de Bilhete de Identidade.

 

(Foto: @PNUDGB)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Cabo Verde primeiro país africano a aderir à descarbonização dos transportes

A cerimónia de adesão à referida Aliança decorreu hoje, 24 d...

Cabo Verde    24 abril 2019

Tribunal reduz pena a Lula da Silva

O Superior Tribunal de Justiça do Brasil decidiu passar de 1...

Brasil    24 abril 2019

Aprovada proposta de lei para criação de autarquias em Angola

Foi aprovada, pelo Parlamento angolano, na generalidade, a p...

Angola    23 abril 2019

Presidente de Moçambique na China

Filipe Nyusi está, em Pequim, para participar no segundo Fór...

Moçambique    22 abril 2019

Países lusófonos entre a boa e a difícil situação no que toca a liberdade de imprensa

Portugal subiu dois lugares na classificação dos Repórteres ...

Geral    22 abril 2019