Aristides Gomes, ainda Primeiro-ministro da Guiné-Bissau, conseguiu o apoio do Conselho de Ministros para propor ao Presidente do país, José Mário Vaz, a concessão de condecorações à Polícia Judiciária, à sua diretora e diretor-adjunto, aos Serviços Secretos franceses e ingleses que estiveram envolvidos na apreensão de quase 800 kg de cocaína, como forma de reconhecimento pelo sue esforço.

Tratou-se da maior apreensão de droga alguma vez feita na Guiné-Bissau e que resultou na detenção de quatro pessoas, maioritariamente estrangeiros, um deles, do Níger, será assessor do presidente do Parlamento deste país. A cocaína, que tinha um elevado grau de pureza e que está avaliada em 18 milhões de euros, foi incinerada poucos dias depois da apreensão na presença de elementos das autoridades do país e de jornalistas. Dos quase 800 kg sobraram alguns pacotes que servirão de prova.

A operação da Polícia Judiciária guineense ocorreu na véspera das eleições Legislativas. A última apreensão tinha acontecido há 12 anos, 650 quilos de droga.

 

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Brasil vence Taça América

A seleção canarinha ganhou ao Peru, por três bolas a uma, na...

Brasil    08 julho 2019

Equipas lusófonas entram a perder nos Mundiais de Hóquei em Patins

Angola, em masculinos, e Portugal, em femininos, não lograra...

Geral    07 julho 2019

Centro Cultural Cabo Verde nasce em Lisboa

Foi inaugurado o Centro Cultural Cabo Verde, um pólo de prom...

Cabo Verde    07 julho 2019

Português Tiago Ferreira é campeão da Europa de Maratona BTT

Tiago Ferreira venceu o campeonato da Europa de Maratona BTT...

Portugal    07 julho 2019

Começa hoje o Mundial de Hóquei em Patins

A fase de grupos da prova começa hoje, 6 de Julho, em Barcel...

Geral    06 julho 2019