Os atletas guineenses conquistaram cinco medalhas, três de ouro e duas de bronze. Mbundé M´Bali, Diamantino Fafé e Débora Turé  inscreveram os seus nomes na lista de vencedores da competição.

Os dois primeiro tornaram-se Campeões Africanos de luta-livre, nas categorias seniores, 65 quilos e juniores, 57 quilos, respectivamente. A atleta arrebatou o mesmo título na classe de luta feminina, cadetes, 46 quilos.

A estas medalhas de ouro juntam-se duas de bronze conquistadas por Augusto Midana e Bedopassa Buassat Djonde em seniores, pesos de 74 e 86 quilos.

Há dois anos Diamantino Fafé conquistara a medalha de bonze, enquanto Augusto  Midana se sagrava Campeão Africano pela terceira vez.

A Guiné-Bissau é a sétima potência africana da modalidade, com mais de duas mil medalhas de ouro conquistadas, desde 1988. À frente do país lusófono encontram-se o Egipto, a Tunísia, Argélia, África do Sul, Marrocos e Nigéria.

 O Campeonato Africano de Luta realizou-se na Tunísia. Os atletas da casa foram os seus grandes vencedores ao conquistarem mais de 60 medalhas. O angolano Francisco Ngonda inscreveu o seu nome na competição ao ganhar a medalha de bronze na modalidade de luta greco-romana, 97 quilos.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Brasil vence Taça América

A seleção canarinha ganhou ao Peru, por três bolas a uma, na...

Brasil    08 julho 2019

Equipas lusófonas entram a perder nos Mundiais de Hóquei em Patins

Angola, em masculinos, e Portugal, em femininos, não lograra...

Geral    07 julho 2019

Centro Cultural Cabo Verde nasce em Lisboa

Foi inaugurado o Centro Cultural Cabo Verde, um pólo de prom...

Cabo Verde    07 julho 2019

Português Tiago Ferreira é campeão da Europa de Maratona BTT

Tiago Ferreira venceu o campeonato da Europa de Maratona BTT...

Portugal    07 julho 2019

Começa hoje o Mundial de Hóquei em Patins

A fase de grupos da prova começa hoje, 6 de Julho, em Barcel...

Geral    06 julho 2019