Carlos Gomes Júnior, antigo Primeiro-ministro da Guiné̶ Bissau, é candidato às eleições Presidenciais de novembro. O anúncio foi feito no último sábado. Cadogo, como é conhecido o ex-governante, apresenta-se na corrida, para já, como candidato independente mas diz-se pronto a ser apoiado por qualquer formação política que queira fazê-lo.

"Após a profunda reflexão aceitei o desafio proposto pelos guineenses e serei um candidato independente. Serei candidato do povo da Guiné̶ Bissau, serei candidato de todos os partidos, serei um candidato da juventude, das mulheres", afirmou Gomes Júnior militante do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo˗ Verde, de Domingos Simões Pereira, regressado ao seu país de origem em janeiro de 2018. Do PAIGC, formação da qual foi presidente durante 12 anos, não surgiu, e até ao momento, qualquer sinal de apoio ao candidato.

Apesar de não ter o apoio do seu partido Carlos Gomes Júnior teve, nesta primeira declaração de intenção, o apoio de várias figuras de proa guineenses, entre elas o antigo Presidente interino da República, Raimundo Pereira e Aladje Mamadu Fadia, antigo ministro das Finanças do país.  

Carlos Gomes Júnior, que diz querer restituir "a confiança" aos cidadãos e ao Estado, disputava a segunda volta das presidenciais quando se deu o golpe militar de 2012.

As eleições Presidenciais na Guiné-Bissau estão agendadas para o próximo dia 24 de novembro.

 

Foto: Foto oficial da Casa Branca, EUA, tirada por Lawrence Jackson. Cortada por Kaldari.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Um milhão de euros para apoiar Presidenciais guineenses

A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presid...

Guiné-Bissau    02 outubro 2019

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019