Os membros do Comité Central do PAIGC votaram e escolheram Domingos Simões Pereira para candidato às eleições Presidenciais de 24 de novembro. O líder do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde foi escolhido entre cinco candidatos nas primárias realizadas na sexta-feira.

Dos 312 votos possíveis Domingos Simões Pereira obteve 243. Derrotado sai Cipriano Cassamá, o presidente da Assembleia Nacional Popular, que se tinha já lançado, de forma independente, na corrida, obteve 65 votos, o antigo presidente guineense de transição Serifo Nhamadjo conseguiu três, Mário Lopes da Rosa dois votos. Francisco Benante, ntigo líder do PAIGC e ex-presidente do parlamento, não conseguiu nenhum apoio. O antigo líder do PAIGC e ex-presidente do parlamento, Francisco Benante, não obteve nenhum voto e a ministra da Família e Coesão Social, Cadi Seidi, acabou por abandonar a corrida e apoiar Domingos Simões Pereira.

Na sua moção de estratégia o líder do PAIGC, de 56 anos, afirmou que pretende promover o desenvolvimento do país e "devolver-lhe o respeito em África e no mundo".

 

(Foto: @paigc2019)

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Papa Francisco apela à união em Moçambique

Foi frente a cerca de 80 mil fiéis, num dia de chuva, que o ...

Moçambique    07 setembro 2019

Papa encoraja jovens moçambicanos a serem tenazes

Francisco lembrou, a propósito, a figura de Eusébio. No enco...

Moçambique    06 setembro 2019

Guiné-Bissau e Moçambique vencem jogo de apuramento para o Mundial

Ambas as selecções ganharam por uma bola a zero no terreno d...

Geral    06 setembro 2019

Papa já está em Moçambique

Francisco chegou ontem a Maputo, tendo sido recebido em ambi...

Moçambique    05 setembro 2019

Presidente da América do Sul vão apelar à protecção da Amazónia

Chefes de Estado da região preparam, para amanhã, o lançamen...

Brasil    05 setembro 2019