Não se registaram incidentes dignos de nota na Guiné-Bissau. As urnas encerraram às seis da tarde, cinco em Lisboa.

A Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau anunciou, ao fim da tarde, que tudo decorria normalmente, quer no país quer nos locais da diáspora, e que a votação era massiva, antecipando uma participação positiva do eleitorado. 

As eleições no território são das mais transparentes do mundo, já que tudo se passa na praça pública, sob o olhar atento dos cidadãos, autoridades eleitorais e observadores internacionais. As próprias urnas são transparentes.

A contagem dos votos, colocados em urnas transparentes, já se iniciou, à frente de todos aqueles que se dispõem a seguir o acto. Encerrada a mesma, as actas são afixadas junto às Assembleias de Voto e os dados obtidos transmitidos à CNE.

No entanto, o vencedor das Eleições Presidenciais de hoje só deverá ser anunciado, oficialmente, por aquele órgão, na próxima quinta-feira. Até quarta-feira deverão ser conhecidos os resultados provisórios.

Não obstante, como sucedeu nas últimas eleições, o eleito (ou aqueles que irão disputar a segunda volta), deverá ser conhecido ainda hoje, resultado da recolha que cada um dos partidos e candidatos está a fazer, de forma centralizada, a partir das informações recolhidas pelos seus representantes nas mesas de voto. Esta contagem costuma ser vertida para o público, através das redes-sociais e do boa-a-boca.

Esta consulta foi disputada por doze candidatos, tendo a campanha eleitoral decorrido com normalidade, mas com ataques verbais muito acentuados.

Foram 11 contra um. Todos tiveram como alvo Domingos Simões Pereira, o candidato do PAIGC, partido que venceu as Legislativas de Maio passado, com maioria relativa. Os seus opositores foram movidos pela ideia de que pode ser eleito à primeira volta, e tudo fizeram para que tal não aconteça.

Resta esperar para saber quem vai vencer, se o líder do PAIGC, se Umaro Sissoco Embaló, apoiado pelo MADEM, a segunda força do país, se José Mário Vaz, o actual Presidente da República, e permanente fonte de instabilidade política, ou se nenhum tiver maioria absoluta, quem passa à segunda volta.

O tira-teimas – caso seja necessário – está marcada para finais de Dezembro.

A conflitualidade política, que degenerou na paralisação dos órgãos do Estado, decorreu da exacerbação de egos e não de problemas ou indefinições decorrentes das Leis da Guiné-Bissau, nomeadamente da sua constituição.

José Mário Vaz – após ter perdido, através dos seus mais directos apoiantes, o controlo do PAIGC, no Congresso de Mansoa – elegeu Domingos Simões e o seu ex-partido como seus inimigos principais, obstaculizando a sua governação na anterior Legislatura, e não permitido que, na actual – mesmo depois de ser indicado pela sua força política e aceite pela coligação constituída para formar o Executivo, assumisse a chefia do mesmo.

Nos dois períodos José Mário Vaz quis não só presidir como também governar o país, ao contrário do que manda a constituição.

Mesmo em cima das Eleições, tentou demitir o Governo saído das legislativas e que tem maioria parlamentar e nomear um novo da sua confiança. Só não conseguiu esse intento, fruto do coro de críticas e protesto da comunidade internacional, em particular, e da Comunidade dos Países da África Ocidental, onde a Guiné-Bissau se insere, e sobretudo da ameaça de sanções.

A antiga colónia portuguesa debate-se com grandes problemas que vão da pobreza generalizada à corrupção, passando pelo tráfico de droga que está a tomar conta do país. O território tem funcionado como plataforma giratório do narcotráfico, pela sua vulnerabilidade económica, política e social.

 

Comentar

Comentários   

0 # bwcgycdiata 19-04-2020 04:03
how to make money online fast homemade items that make money make money online how much money does pewdiepie make photos imgclick easily make money sharing will friends social free file upload

how to make money blogging ways to make money fast [url=https://www.fresher.ru/elz/# ] make money make money online make money online

https://www.fresher.ru/elz/# - make money
Responder | Responder com citação | Citar
0 # psmsfudiata 28-04-2020 03:04
bad credit loans guaranteed approval fed loans betsy devos student loans contempt payday loans near me payday loans

business loans veterans united home loans [url=https://paydailoanz.com/# ] great lakes student loans bad credit loans guaranteed approval personal loans with bad credit

https://paydailoanz.com/# - great lakes student loans

http://www.caclp.cn/home.php?mod=space&uid=588736
https://wikibiography.in/samarn-poonan-wiki-former-navy-seal-biography/?unapproved=87884&moderation-hash=f322c75cccb63db2a990a449f28feb73#comment-87884
http://himeuta.org/member.php?741186-uexeutMor
https://survivalinstitute.com/how-to-extend-your-gardens-growing-season/?unapproved=388508&moderation-hash=3e29edd5f99d7c034377a9342f50d13d#comment-388508
https://templeupdate.com/goodbye-to-graduating-seniors/?unapproved=70673&moderation-hash=aa7ffe0b0f13b25864d23c269d150254#comment-70673
Responder | Responder com citação | Citar
{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019