Teodorín Obiang vai ser julgado pelo Tribunal Correccional de Paris. O julgamento foi adiado para Junho, a pedido da defesa por necessitar de mais tempo para preparar o processo.
 
O filho do Chefe de Estado da Guiné Equatorial é acusado de corrupção, lavagem de dinheiro e abuso de confiança.
 
De acordo com o Ministério Público francês, Teodorín Obiang terá desviado pelo menos 110 milhões de euros públicos para comprar um palacete em Paris, carros de luxo e obras de arte.
 
A defesa admite que o seu cliente é viciado em compras, mas garante que não utilizou dinheiro do Estado.
 
O Vice-Presidente da Guiné Equatorial está também a ser investigado na Suiça por corrupção, lavagem de dinheiro e abuso de confiança. Em Novembro, as autoridades helvéticas apreenderam automóveis de luxo do dirigente africano.
 
Em 2014, a justiça norte-americana bens no valor de 45 milhões de euros, como parte de um acordo que evitou que o filho do Presidente da Guiné Equatorial fosse julgado por corrupção.
 
O julgamento de Teodorín Obiang em Paris é o primeiro, na Europa, de dirigente africano por crimes cometidos no seu país.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019

Guiné-Bissau celebra dia da Independência

Foi a 24 de novembro de 1973 que a Guiné-Bissau proclamava a...

Geral    24 setembro 2019