A expressão "musseque" refere-se aos subúrbios de Luanda, Angola. "Musseque" vem do kimbundu "mu seke", que significa "no vermelho/local arenoso", sendo que a areia/terra de Luanda é vermelha (seke).

Os portugueses, tal como noutros casos, tinham por hábito construir palavras através de uma expressão que lhes era dita. Possivelmente, algum português perguntou a um africano: "Onde é?" e este terá respondido "mu seke".

A um dado momento, musseque passa a designar os grupos de palhotas, que se adensam no alto das barrocas e que, por semelhança à SEKE (vermelho ocre), tomam o nome do material (areia) sobre o qual se implantam. O seu desenvolvimento está intimamente ligado ao da cidade propriamente dita. A partir de 1962, a febre da construção civil e o lançamento da indústria fascinam cada vez mais as populações rurais que abandonam os seus locais de origem e migram para a cidade grande, Luanda. Estas gentes instalam-se nos musseques e reagrupam-se segundo as suas origens. Os musseques passam a designar o espaço social dos colonizados, assalariados, reduto da mão de obra barata e de reserva, ao crescimento colonial, colocados à margem do processo urbano, surgindo como espaço dos marginalizados, e cuja fisionomia está em constante transformação.

Se tivermos em conta a definição mais generalizada da palavra musseque, no português de Angola, ou seja, bairro ou uma aglomeração de residência pobres; podemos encontrar correspondência às favelas (planta espinhosa e resistente) brasileiras, aos bairros de lata de Portugal e aos caniços (plantas utilizadas na construção de palhotas) de Moçambique.

Comentar

Comentários   

0 # Stevkabeak 26-10-2019 21:29
Cialis Viagra Barcelona Levitra Bailler 20mg viagra Venta De Priligy Glucotrol Antibiotics Without A Script Buy Synthroid From Mexico
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Felix 23-11-2019 12:05
Today, I went to the beachfront with my children. I found a sea shell
and gave it to my 4 year old daughter and said "You can hear the ocean if you put this to your ear." She placed the shell to her ear and screamed.
There was a hermit crab inside and it pinched her ear.
She never wants to go back! LoL I know this is entirely off topic but I had to tell someone!


Feel free to visit my web blog :: quest bars cheap (tinyurl.com)
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Shelton 25-11-2019 05:21
Hey! Would you mind if I share your blog with my myspace group?
There's a lot of folks that I think would really enjoy your content.

Please let me know. Thanks

Also visit my web page: coconut oil why
Responder | Responder com citação | Citar
0 # Alejandrina 26-11-2019 12:41
Thanks very nice blog!

my blog plenty of fish dating
site
Responder | Responder com citação | Citar
{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Ao terceiro jogo angolanas ganham e Brasileiras perdem no Mundial de Andebol feminino

A terceira jornada da fase de grupos da competição ditou a p...

Geral    04 dezembro 2019

Primeiro-Ministro de Timor defende Orçamento Geral do Estado

Taur Matan Ruak considera que a despesa inscrita no document...

Timor-Leste    03 dezembro 2019

Governo estuda privatização do Banco do Brasil

A proposta está a ser elaborada pelo Ministério da Economia ...

Brasil    03 dezembro 2019

Sortes diferentes para angolanas e brasileiras no Mundial de Andebol

Na segunda jornada da prova, as representantes de Angola per...

Geral    03 dezembro 2019

Portugal vence Mundial de Futebol de Praia

É a terceira vez que a selecção lusa concretiza esse objecti...

Portugal    02 dezembro 2019