Deputados moçambicanos estiveram em Espanha para se inteirarem do processo de descentralização naquele país. Em Madrid tomaram contacto com o processo espanhol, bem como com o seu enquadramento constitucional que, segundo o Parlamento espanhol, pode contribuir para ajudar os moçambicanos.

Por outro lado, a Presidente das Cortes espanholas deslocou-se a Maputo, onde debateu aquela problemática não só com o seu homólogo moçambicano, mas também com o Presidente daquela República. Ana Pastor considera que a cooperação entre os dois países pode beneficiar o processo de paz em Moçambique. A dirigente parlamentar felicitou os moçambicanos pelos progressos registados no país, visando o estabelecimento de uma paz duradoura.

Os três principais partidos de Moçambique já se entenderam, no Parlamento, sobre a forma de eleger os autarcas locais e regionais e as necessárias alterações a introduzir, para esse feito, na Constituição do país. A proposta a ser votada, em breve, na Assembleia moçambicana, estabelece que, a partir das Eleições de 2019, esses cargos vão ser ocupados pelos candidatos das listas de partidos ou grupos de cidadãos que obtiverem mais votos.

 

Foto: es.wikipedia.org

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019