Ossufo Momade foi eleito pela Comissão Política do partido, após a morte de Afonso Dahlakama. O Tenente-General assume a direcção do partido até à realização do Conselho Nacional ou do Congresso daquela que é a segunda força política de Moçambique.

O militar desempenhava as funções de Chefe do Departamento de Defesa da Renamo e representava o partido no Parlamento. De 2007 a 2013 exerceu o cargo de Secretário-Geral do partido da perdiz.

Ossufo Momade tem em mãos as negociações do processo de consolidação da paz em Moçambique, que passa pelo entendimento, ente o seu partido e a Frelimo, sobre o processo de descentralização do país, nomeadamente a forma de escolha dos Administradores Distritais.

Este tema divide os dois partidos. Enquanto a Renamo advoga a nomeação dos mesmos pelos Presidentes eleitos das Províncias, a Frelimo prefere que seja a tutela ministerial a fazê-la.

Este é o último “cabelo” que divide os dois partidos, mas que os analistas políticos consideram que o novo número um da Remano saberá ultrapassar, dada a sua experiência militar e política, nas negociações com os dirigentes da Frelimo.

Comentar

Comentários   

0 # Stevkabeak 29-10-2019 03:21
Svizzera PuРіС– Acquistare Kamagra viagra Vente Cialis Levitra Doxycycline Fda Approved Online Cytotec Pas D Effet
Responder | Responder com citação | Citar
{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019