Um grupo não identificado matou mais de seis pessoas em Naunde, no Distrito de Macomia. Os assaltantes incendiaram mais de trinta casas, barracas de comércio e duas carrinhas.

Há duas semanas, num ataque a Macímboa da Praia, também em Cabo Delgado, os malfeitores tinham matado dez pessoas. Na sequência desta acção, as forças de segurança abateram oito pessoas nas matas daquela Província, e fizeram algumas detenções.

Segundo a Polícia, o grupo estava ligado àquele ataque, bem como a outros actos terroristas na mesma região. As forças de defesa e segurança de Moçambique perseguiam o grupo desde os últimos acontecimentos na localidade.

Aquela vila, assim como povoações rurais de Cabo Delgado, tem sido alvo de ataques de grupos armados, provocando um número indeterminado de mortos e deslocados, desde finais do ano passado.

No assalto desta madrugada foi também vandalizado o posto de saúde da localidade.

De acordo com um estudo recente a violência na Província de Cabo Delgado estará ligada a redes de comércio ilegal e a movimentos radicais envolvendo tanzanianos, malauianos e moçambicanos.

 

Foto: @joiasousa

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019

Autoridades portuguesas desmantelam rede de imigração ilegal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras desarticulou um grupo...

Portugal    22 dezembro 2019

Pesticidas fatais para abelhas predominantes em fruta e hortaliças do Brasil

A Agência de Vigilância Sanitária verificou que mais de meta...

Brasil    21 dezembro 2019

Estado angolano procura resgatar milhões de euros

A verba – estimada em perto de seis mil milhões de euros – f...

Angola    20 dezembro 2019

Parlamentares recusam participar na contenção da despesa pública de Timor

A maioria dos deputados rejeitou a proposta, feita pelo Gove...

Todas as Notícias    15 dezembro 2019