Em Maputo, cidade onde se realiza a competição, as atletas da casa voltaram a vencer, enquanto as basquetebolistas das ilhas somaram mais uma derrota. As primeiras derrotaram por 53 a 46 as ruandesas, enquanto as segundas perderam por 36 a 51 com as egípcias. Não obstante a melhor jogadora desta partida ter sido a lusófona, Joseana Vaz, com 18 pontos marcados, a vitória das atletas da terra dos faraós nunca esteve em causa.

No outro jogo as moçambicanas viram-se em palpos de aranha para vencer. Depois de um início prometedor, em que rapidamente chegaram ao 13 a um, deixaram as ruandesas recuperar e passar-lhes à frente. Só na fase final do encontro as lusófonas conseguiram dar a volta ao resultado.

As moçambicanas lideram o Grupo A com quatro pontos. Na próxima jornada as meninas do Indico jogam com as egípcias, terceiras classificadas na série, com três pontos, os mesmo das ruandesas, que está na segunda posição, fruto da vitória sobre as meninas da terra de Cleópatra.

Fotos: www.fiba.com

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019

Ponte desaba no Norte de Moçambique

A queda da infraestrutura deixa milhares de pessoas isoladas...

Moçambique    28 dezembro 2019

Autoridades portuguesas desmantelam rede de imigração ilegal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras desarticulou um grupo...

Portugal    22 dezembro 2019