A selecção lusófona ganhou o terceiro e último jogo da sua série, somando por vitórias todas as partidas realizadas. Desta feita ultrapassou as egípcias por 12 pontos de vantagem. No final do encontro a tabela do resultado registava 57 a 45.

Nos quartos de final, as moçambicanas vão jogar com as últimas classificadas da série B.

A figura do jogo foi Filipa Calisto. A moçambicana marcou 21 pontos.

O primeiro período foi marcado pelo equilíbrio. As moçambicanas só lograram afastar-se, seis pontos, quando esta fase caminhava para o fecho. A partir daí, com maior ou menor diferença, estiveram sempre à frente do marcador. A vantagem foi-se acentuando no final do terceiro tempo e no último.

No outro jogo do grupo, as meninas de Cabo Verde voltaram a perder. Desta feita foi com as ruandesas. No entanto as jogadoras das ilhas do Atlântico conseguiram empatar a partida, no final do segundo tempo. No entanto foi sol de pouca dura, a partir daí as continentais foram aumentando o resultado, tendo acabado o jogo a vencer por 57 a 32, fruto do acerto de Bella Murekatete que marcou mais de metade dos pontos da sua equipa, 38.

Nos quartos de final, as cabo-verdianas vão encontrar as primeiras do Grupo B, a sair do jogo de amanhã, à tarde, no Pavilhão do Maxaquene, em Maputo, entre as angolanas e as malianas.

Foto: www.fiba.com

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019