A campanha para aquele acto inicia-se terça-feira. A consulta está marcada para 10 de Outubro, em 53 Municípios moçambicanos. O universo de pessoas recenseadas neste âmbito ronda os sete milhões de eleitores.

De fora ficam todos aquelas divisões administrativas que não dispõem de localidades com o estatuto de cidades e vilas. Assim, estão excluídas, do escrutínio, 75 Distritos.

O estatuto de Município depende do potencial de autonomia financeira e do peso populacional.

Moçambique aplica o princípio da municipalização gradual, tendo começado com 33 Municípios, nas primeiras Eleições Autárquicas de 1998.  Nas terceiras, em 2008, passou esse número para 43 e em 2013, juntou mais dez.

Apenas os três partidos com assento parlamentar concorram em todos os municípios. No entanto, à Frelimo, Renamo e MDM juntam-se, 21 forças políticas.

Os eleitores escolhem, através de dois boletins de votos, o Presidente do Conselho Municipal, e a Assembleia Municipal, sendo a Presidência deste órgão atribuída ao cabeça da lista mais votada.

 

Foto: @CNE.STAE.Mocambique

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Ao terceiro jogo angolanas ganham e Brasileiras perdem no Mundial de Andebol feminino

A terceira jornada da fase de grupos da competição ditou a p...

Geral    04 dezembro 2019

Primeiro-Ministro de Timor defende Orçamento Geral do Estado

Taur Matan Ruak considera que a despesa inscrita no document...

Timor-Leste    03 dezembro 2019

Governo estuda privatização do Banco do Brasil

A proposta está a ser elaborada pelo Ministério da Economia ...

Brasil    03 dezembro 2019

Sortes diferentes para angolanas e brasileiras no Mundial de Andebol

Na segunda jornada da prova, as representantes de Angola per...

Geral    03 dezembro 2019

Portugal vence Mundial de Futebol de Praia

É a terceira vez que a selecção lusa concretiza esse objecti...

Portugal    02 dezembro 2019