A bancada da Frelimo foi a única que votou a favor da proposta do Governo. Renamo e MDM votaram contra. O documento passou dado que o partido no poder, desde a independência do território, dispõe de maioria absoluta na Assembleia Nacional.

O diploma prevê, no próximo ano, receitas próximas de 250 mil milhões de meticais e despesas de 340 milhões de meticais. Como resultado do desnível, o défice global deverá rondar os nove por cento do Produto Interno Bruto.

Mais de metade dos gastos destas estão consignados à parcela funcionamento, enquanto que 30 por cento vai para investimentos e 12 para operações financeiras. Este acréscimo é resultado das provisões financeiras para as Eleições Gerais e investimento na exploração de gás natural.

De acordo com informações do Governo, o défice, no ano passado, situou-se em 4,6 por cento.

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

União Africana satisfeita com desempenho eleitoral da Guiné-Bissau

A Missão da União Africana faz um balanço positivo das Eleiç...

Guiné-Bissau    12 março 2019

PRS afasta cenário de maioria absoluta na Guiné-Bissau

O Partido da Renovação Social, PRS, foi o último, das princi...

Guiné-Bissau    12 março 2019

PAIGC clama vitória, MADEM - G15 diz que não há governo sem coligação

PAIGC e MADEM - G15 reagiram ontem, não aos resultados ou pr...

Guiné-Bissau    12 março 2019

CEDEAO faz avaliação positiva das Legislativas guineenses

Em conferência de imprensa, de apresentação da declaração pr...

Guiné-Bissau    12 março 2019

Portugal é campeão europeu de Atletismo em Pista Coberta INAS

A seleção portuguesa de Atletismo ANDDI/FPA19 conquistou...

Portugal    10 março 2019