A bancada da Frelimo foi a única que votou a favor da proposta do Governo. Renamo e MDM votaram contra. O documento passou dado que o partido no poder, desde a independência do território, dispõe de maioria absoluta na Assembleia Nacional.

O diploma prevê, no próximo ano, receitas próximas de 250 mil milhões de meticais e despesas de 340 milhões de meticais. Como resultado do desnível, o défice global deverá rondar os nove por cento do Produto Interno Bruto.

Mais de metade dos gastos destas estão consignados à parcela funcionamento, enquanto que 30 por cento vai para investimentos e 12 para operações financeiras. Este acréscimo é resultado das provisões financeiras para as Eleições Gerais e investimento na exploração de gás natural.

De acordo com informações do Governo, o défice, no ano passado, situou-se em 4,6 por cento.

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Guiné-Bissau terá novo ministro do Interior antes das Legislativas

Foi no início de novembro último que o Presidente da Guiné-B...

Guiné-Bissau    20 janeiro 2019

Taxa para tirar um passaporte em Angola aumenta 10 vezes

Fazer um passaporte angolano é agora 10 vezes mais caro. A a...

Angola    19 janeiro 2019

Presidente da Renamo vai continuar a residir na Gorongosa

Ossufo Momade escolheu manter-se no reduto do partido, enqua...

Moçambique    18 janeiro 2019

Renamo escolhe Ossufo Momade por larga maioria

O Coordenador interino do partido, desde a morte de Afonso D...

Moçambique    17 janeiro 2019

Bolsonaro dispara primeiro decreto

Ao décimo quinto dia da sua Presidência, o Capitão na reserv...

Todas as Notícias    15 janeiro 2019