A norte-americana Euronet vai substituir a portuguesa Bizfirst. A mudança – decidida pelo Banco de Moçambique – ocorre depois do sistema ter parado, durante cinco dias, no mês passado, devido a falta de pagamento dos programas que permitiam o seu funcionamento.

A interrupção do sistema – concretizado pela firma lusa – foi criticada pela instituição bancária central do país.

Na cerimónia de assinatura do contrato com a Euronet, o Governador do Banco de Moçambique referiu que reza “para que a implementação seja rigorosa, em linha com a letra e o espírito do contrato”.

Por seu turno, a Directora-Geral da multinacional adiantou que empresa vai melhor “a qualidade e a eficiência” e fornecer “ serviço de qualidade mundial”.

A Euronet, fundada em 1994, está presente em mais de 50 países. Na lusofonia tem pouca expressão, nomeadamente em Portugal e no Brasil. Em terras lusas as caixas apenas dão para pouco mais do que levantar dinheiro, não permitindo pagamentos.

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

União Africana satisfeita com desempenho eleitoral da Guiné-Bissau

A Missão da União Africana faz um balanço positivo das Eleiç...

Guiné-Bissau    12 março 2019

PRS afasta cenário de maioria absoluta na Guiné-Bissau

O Partido da Renovação Social, PRS, foi o último, das princi...

Guiné-Bissau    12 março 2019

PAIGC clama vitória, MADEM - G15 diz que não há governo sem coligação

PAIGC e MADEM - G15 reagiram ontem, não aos resultados ou pr...

Guiné-Bissau    12 março 2019

CEDEAO faz avaliação positiva das Legislativas guineenses

Em conferência de imprensa, de apresentação da declaração pr...

Guiné-Bissau    12 março 2019

Portugal é campeão europeu de Atletismo em Pista Coberta INAS

A seleção portuguesa de Atletismo ANDDI/FPA19 conquistou...

Portugal    10 março 2019