A petrolífera dos EUA Anadarko Petroleum Corporation anunciou um acordo com a Mozambique LNG1 Company Pte. Ltd. que prevê o fornecimento de gás natural moçambicano à Indonésia.

O gás natural liquefeito - um milhão de toneladas métricas por ano, durante 20 anos - sairá da Área 1 da Bacia do Rovuma, na província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique.

"Espera-se que a Indonésia seja um dos mercados de gás natural que mais crescerá na Ásia e a Pertamina, a empresa estatal de energia da Indonésia, terá um papel fundamental para responder às necessidades energéticas, de longo prazo, da Indonésia", lê-se na página da internet da petrolífera, que cita Mitch Ingram, vice-presidente executivo da mesma. 

O projecto de gás natural liquefeito de Moçambique é liderado pela Anadarko e, de acordo com a mesma fonte, citada no mesmo meio digital, "está bem posicionado" para assumir uma posição de destaque, de longo prazo.

A Anadarko Moçambique Área 1 descobriu a primeira reserva de gás natural recuperável, na Área Offshore 1, em 2010. Até agora foram descobertos cerca de 75 triliões de pés cúbicos.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Demitidos dois Ministro na Guiné-Bissau

O chefe do Governo guineense exonerou os titulares das pasta...

Guiné-Bissau    17 maio 2019

Milhares de brasileiros protestaram contra o Governo de Bolsonaro

As manifestações decorreram em mais de duas centenas de cida...

Brasil    16 maio 2019

Angola candidata-se à Organização Internacional da Francofonia

Aquele país lusófono pretende ser membro observador da comun...

Angola    16 maio 2019

Universitários brasileiros protestam contra cortes nos financiamentos

À iniciativa de estudantes que frequentam o ensino superior ...

Brasil    15 maio 2019

Presidente de Moçambique preocupado com ataques no Norte do país

Pela primeira vez, Filipe Nyusi assumiu publicamente a gravi...

Moçambique    15 maio 2019