A tempestade tropical fez dezenas de mortos e milhares de desalojados. O vento e a chuva arrasaram inúmeras povoações nas Províncias de Sofala, Manica e Zambézia.

A cidade da Beira foi atingida com violência pelo temporal. Inúmeras habitações, bem como edifícios públicos e comerciais perderam telhados e janelas, devido ao vento forte, cujas rajadas ultrapassaram os 200 quilómetros hora.

As comunicações estão cortadas nas zonas atingidas, bem como o abastecimento de água e energia.

Todos os anos, na época da chuva,  se repetem as inundações em Moçambique, com dezenas de mortos e milhares de desalojados nas zonas rurais.

Desta feita, o fenómeno esporádico na Beira, afectou gravemente a cidade, a segunda mais importante de Moçambique.

Na terça-feira, as autoridades moçambicanas tinham accionado o alerta vermelho, tendo alertado as populações para “elevado risco para pessoas e bens”, devido a “ventos fortes e trovoadas severas”. No dia anterior, a chuva já afectava cerca de 50 mil pessoas.

Moçambique não tem capacidade para acorrer às pessoas que, todos os anos, são afectadas pela chuva.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Brasil vence Taça América

A seleção canarinha ganhou ao Peru, por três bolas a uma, na...

Brasil    08 julho 2019

Equipas lusófonas entram a perder nos Mundiais de Hóquei em Patins

Angola, em masculinos, e Portugal, em femininos, não lograra...

Geral    07 julho 2019

Centro Cultural Cabo Verde nasce em Lisboa

Foi inaugurado o Centro Cultural Cabo Verde, um pólo de prom...

Cabo Verde    07 julho 2019

Português Tiago Ferreira é campeão da Europa de Maratona BTT

Tiago Ferreira venceu o campeonato da Europa de Maratona BTT...

Portugal    07 julho 2019

Começa hoje o Mundial de Hóquei em Patins

A fase de grupos da prova começa hoje, 6 de Julho, em Barcel...

Geral    06 julho 2019