As próprias autoridades moçambicanas admitem a existência de casos de roubo de alimentos e donativos. Perante este quadro e preocupado com as reacções internacionais, o Governo apressou-se a prometer fiscalização apertada, bem como a punição dos criminosos.

Por outro lado, a Assembleia de Moçambique aprovou um grupo de trabalho, integrando deputados de todos os partidos com assento parlamentar, para verificar a transparência na ajuda às vítimas.

Esta iniciativa ocorre depois de o Presidente da República ter ordenado a criação de comissão independente para organizar o processo de distribuição de mantimentos aos deslocados vítimas do ciclone.

Há mais de uma semana que estão a chegar a Moçambique donativos em dinheiro e aviões carregados com bens de primeira necessidade, mas esta ajuda perde-se nos aeroportos e não chega a muitas das populações afectadas pelo Ciclone Idai, em particular as rurais.

Nestas circunstâncias, moçambicanos defendem que a organização e o controlo da ajuda internacional deveria ser feita pelos próprios países doadores e ou pelas Nações Unidas.

Peritos estrangeiros encontram-se na Beira para perceber o nível de destruição e planificar os investimentos de acordo com as necessidades.

Mais de um milhão de moçambicanas foram afectadas pela passagem daquela tempestade tropical, a maioria carecendo de ajuda efectiva urgente.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

PAIGC avança para primárias antes das Presidenciais

O Partido para a Independência da Guiné-Bissau e Cabo Verde ...

Guiné-Bissau    22 agosto 2019

Carlos Gomes Júnior apresenta candidatura a Presidente da Guiné-Bissau

O antigo Primeiro-Ministro guineense promete lutar, de forma...

Guiné-Bissau    14 agosto 2019

Presidente de Timor solicita constitucionalidade de diplomas aprovados no Parlamento

Em causa está a nova formulação das Leis do Fundo Petrolífer...

Timor-Leste    13 agosto 2019

Alemanha suspende investimentos no Brasil

Na base da decisão está a política ambiental do Governo Bras...

Brasil    12 agosto 2019

Companhia Aérea de Cabo Verde retoma voos domésticos

A empresa vai operar para as ilhas de Santiago e São Vicente...

Cabo Verde    12 agosto 2019