As autoridades moçambicanas colocaram as Províncias de Cabo Delgado e Nampula em alerta vermelho, devido à proximidade do Ciclone Kenneth. A meteorologia moçambicana calcula que a tempestade comece a fazer-se sentir, a partir de amanhã, e durante dois dias. O organismo prevê chuva intensa, vento forte e trovoada com violentas descargas eléctricas.

O Instituto de Gestão das Calamidades de Moçambique espera que o previsto mau tempo não atinja as proporções do Ciclone Idai que provocou centenas de mortos e milhares de desalojados no Centro de Moçambique, em meados do mês passado.

No entanto, indica possíveis inundações nas cidades de Pemba, Nacala-Porto e Nacala-a-velha e a possibilidade de ocorrência de cheias nas bacias do Rovuma, Messalo, Montepuez, Megaruma e Lúrio.

A navegação no Canal de Moçambique poderá também vir a ser afectada pelo aumento da agitação do mar e pela redução da visibilidade devido à chuva.

Nestas circunstâncias, o Centro Operativo de Emergência recomenda a retirada da população das zonas de risco de inundações, bem como o reforço da cobertura das casas e o estacionamento das viaturas em locais protegidos.

A tempestade, resultado de sistema de baixas pressões formado na região norte do Madagáscar, deve atingir também o extremo sul da vizinha Tanzânia.

 

Foto: Nasa

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Demitidos dois Ministro na Guiné-Bissau

O chefe do Governo guineense exonerou os titulares das pasta...

Guiné-Bissau    17 maio 2019

Milhares de brasileiros protestaram contra o Governo de Bolsonaro

As manifestações decorreram em mais de duas centenas de cida...

Brasil    16 maio 2019

Angola candidata-se à Organização Internacional da Francofonia

Aquele país lusófono pretende ser membro observador da comun...

Angola    16 maio 2019

Universitários brasileiros protestam contra cortes nos financiamentos

À iniciativa de estudantes que frequentam o ensino superior ...

Brasil    15 maio 2019

Presidente de Moçambique preocupado com ataques no Norte do país

Pela primeira vez, Filipe Nyusi assumiu publicamente a gravi...

Moçambique    15 maio 2019