Aos 60 anos, e trinta anos depois de vencer a Maratona nos Jogos Olímpicos de Seul, na Coreia do Sul, a portuguesa Rosa Mota venceu a Mini-Maratona de Macau. A atleta lusa correu os 5,2 quilómetros em 22m02s minutos. Com este tempo a antiga campeã do mundo e da Europa bateu o tempo alcançado em 2016, ano em que também venceu a prova, com um tempo de 24m47s.

Rosa Mota, foi convidada pela organização da 37ª Maratona Internacional de Macau para ser embaixadora anti-doping, cortou a meta sorridente e, aparentemente, menos cansada do que algumas das suas adversárias, muito mais novas.

Na Meia-maratona os portugueses Carla Martinho e António Rocha subiram ao terceiro lugar do pódio. Já na Maratona Vera Nunes e João Antunes, também de Portugal, concluíram a prova na sexta e oitava posições, respetivamente.

Os atletas de Timor-Leste Rubia Fátima Martins e Felizberto de Deus ficaram em quinto na Meia-Maratona, provas feminina e masculina. Já a cabo-verdiana Sandra Soares Teixeira foi sexta na geral, segunda na categoria sénior feminino, na mesma competição. Enquanto Joaquim Fortes, também de Cabo Verde, foi oitavo na geral da prova masculina, 3° na categoria sénior.

A Maratona e a Meia-Maratona, feminina e masculina, foi vencida por atletas quenianos.

 

(Foto: http://www.sport.gov.mo)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Presidente moçambicano vai condecorar veteranos da luta pela libertação

Filipe Nyusi anunciou, no sábado, na Praça dos Heróis Moçamb...

Todas as Notícias    03 fevereiro 2019

Museu do Campo de Concentração do Tarrafal recebe 9000 visitas

Foram 22096 as pessoas que visitaram, em 2018, os museus de ...

Cabo Verde    03 fevereiro 2019

Luanda recebe navios encomendados por José Eduardo dos Santos

Chegaram a Angola seis dos 17 navios patrulha encomendados, ...

Angola    02 fevereiro 2019

Cinco partidos da Guiné-Bissau assinam acordo eleitoral

O entendimento, envolvendo PAIGC, PCD, PND, UN e PUN visa, e...

Guiné-Bissau    01 fevereiro 2019

Desastres como os de Mariana e Brumadinho podem repetir-se no Brasil

No país, mais de 700 barragens apresentam risco de ruptura c...

Brasil    01 fevereiro 2019