A descida foi de nove por cento, situando-se, agora, nos 0,126 por cento.  O país lusófono ficou à frente da Bulgária, Irlanda e Alemanha.

Estes dados constam do relatório do Eurostat sobre a emissão de gases com efeito de estufa na União Europeia.

O gabinete anunciou uma descida média de 2,6 por cento nas emissões de dióxido de carbono no conjunto dos países da comunidade.

A redução teria sido maior se todos os territórios nacionais tivesses melhorias, o que não foi o caso. Na coluna dos que aumentaram as suas emissões de CO2 encontram-se a Letónia, com mais 8,5 por cento, seguida por Malta - 6,7; Luxemburgo - 3,7 e Polónia - 3,5.

A expulsão de dióxido de carbono na atmosfera representam cerca de 80 por cento do total dos gases com efeito de estufa lançados pelos países da União Europeia.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Carlos Gomes Júnior apresenta candidatura a Presidente da Guiné-Bissau

O antigo Primeiro-Ministro guineense promete lutar, de forma...

Guiné-Bissau    14 agosto 2019

Presidente de Timor solicita constitucionalidade de diplomas aprovados no Parlamento

Em causa está a nova formulação das Leis do Fundo Petrolífer...

Timor-Leste    13 agosto 2019

Alemanha suspende investimentos no Brasil

Na base da decisão está a política ambiental do Governo Bras...

Brasil    12 agosto 2019

Companhia Aérea de Cabo Verde retoma voos domésticos

A empresa vai operar para as ilhas de Santiago e São Vicente...

Cabo Verde    12 agosto 2019

Há 500 anos começava a primeira viagem de circum-navegação

Há 500 anos o português Fernão de Magalhães e o espanhol Seb...

Portugal    10 agosto 2019