A descida foi de nove por cento, situando-se, agora, nos 0,126 por cento.  O país lusófono ficou à frente da Bulgária, Irlanda e Alemanha.

Estes dados constam do relatório do Eurostat sobre a emissão de gases com efeito de estufa na União Europeia.

O gabinete anunciou uma descida média de 2,6 por cento nas emissões de dióxido de carbono no conjunto dos países da comunidade.

A redução teria sido maior se todos os territórios nacionais tivesses melhorias, o que não foi o caso. Na coluna dos que aumentaram as suas emissões de CO2 encontram-se a Letónia, com mais 8,5 por cento, seguida por Malta - 6,7; Luxemburgo - 3,7 e Polónia - 3,5.

A expulsão de dióxido de carbono na atmosfera representam cerca de 80 por cento do total dos gases com efeito de estufa lançados pelos países da União Europeia.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Luto Nacional em Cabo Verde por morte do 1º bispo cabo-verdiano

O governo de Cabo Verde decretou dois dias de Luto Nacional ...

Cabo Verde    19 junho 2019

Cimeira de Negócios Estados Unidos e África decorre em Maputo

A iniciativa vai de hoje a sexta-feira, envolvendo delegaçõe...

Moçambique    18 junho 2019

Fim da crise política na Guiné-Bissau?

A poucos dias do final do seu mandato, enquanto presidente d...

Guiné-Bissau    18 junho 2019

Corrupção e novos rostos no VII Congresso Extraordinário do MPLA

O VII Congresso Extraordinário do MPLA terminou com novidade...

Angola    18 junho 2019

Portugal entre os países mais seguros do mundo e da Lusofonia

Portugal é considerado, pelo Global Peace Index 2019, como o...

Portugal    15 junho 2019