Há 500 anos o português Fernão de Magalhães e o espanhol Sebastián Elcano arrancavam para aquela que seria a primeira circum-navegação. 

Estávamos no dia 10 de agosto de 1519 quando o feito, "que uniu oceanos e povos - a volta ao mundo", se concretizou.

"A jornada de Fernão de Magalhães constitui uma referência no processo de globalização, aproximando povos, culturas e conhecimento. Na verdade, esta expedição demarcou-se das demais pela sua ousadia e persistência aliadas ao espírito de curiosidade, que a tornou pioneira nas várias áreas do conhecimento científico. Num período de três anos, atravessaram-se oceanos, observaram-se fenómenos naturais nunca antes vistos e conectaram-se culturas díspares, de modo a provar que a circularidade terrestre é declaradamente um fator de união", lê-se no portal da Direção-Geral da Educação, de Portugal.

Uma proeza, patrocinada pelo rei de Castela e que Fernão de Magalhães não completaria já que acabaria por morrer nas Filipinas a 27 de abril de 1521, no campo de batalha.

Portugal e Espanha unem-se nas celebrações, que arrancaram no ano passado e terminarão em 2021. Entre as iniciativas está a candidatura da Rota da Circum-Navegação a Património Mundial da Humanidade; Viagens de Circum-navegação, pela Rota de Magalhães-Elcano, a empreender em 2020-2021 pelos Navios-Escola "Sagres" e "Juan Sebastián Elcano"; uma exposição itinerante sobre a Circum-navegação, organizada pelos dois ministérios da Cultura; a co-produção de uma série televisiva sobre a Viagem; a elaboração de um estudo conjunto sobre a "Projeção mundial do espanhol e do português", promovida pelos Institutos Camões e Cervantes; a organização conjunta da Conferência Internacional "Oceanos, Conhecimento e Globalização", a realizar em Portugal e Espanha, no primeiro semestre de 2021.

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Um milhão de euros para apoiar Presidenciais guineenses

A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presid...

Guiné-Bissau    02 outubro 2019

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019