A Selecção lusa obteve o passaporte para o jogo de atribuição do troféu frente aos japoneses, mas depois de prolongamento e grandes penalidades.

A equipa lusófona vai discutir, quando forem nove da noite em Lisboa, a conquista da competição com a Itália.

Os portugueses chegam à final depois de um jogo, difícil e emotivo, impróprio para cardíacos, com o seleccionado do país do Sol Nascente. Exemplo disso o facto de, para encontrar o vencedor, ter sido necessário ir a penaltis.

O conjunto Europeu marcou primeiro, mas deixou que os representantes asiáticos não só empatassem como passassem para a frente ainda na primeira parte. Os golos foram marcados aos 11 minutos, por Leo Martins; Ozu Moreira, 45 segundos depois; e Yamauchi, aos 13.

Bê Martins deu a volta ao resultado, na terceira parte, aos 29 e 31 minutos. A equipa portuguesa tentou gerir o resultado mas, como sucede comumente, quem defende sofre, e foi isso que aconteceu, uma vez mais. Os nipónicos a impuseram o prolongamento, com o seu terceiro golo, por Nakaguma, a segundos do fim.

No tempo complementar, nenhuma das equipas logrou marcar e passou-se aos penaltis.  Portugal marcou o primeiro e o segundo, por Madjer e Rui Coimbra, enquanto os japoneses falhavam a sua primeira oportunidade, por Ozu Moreira, e concretizaram a segunda, Yamauchi. Com dois a um, os nipónicos tinham de transformar o terceiro penalti para continuarem a sonhar com a vitória. Tabata teve essa oportunidade, mas rematou por cima da trave, permitindo a festa aos portugueses.

A Itália chega à final depois de derrotar os Russos, por oito a sete, após prolongamento. De referir que a equipa russa tinham afastado os brasileiros nos quartos de final.

O seleccionado luso procura o seu terceiro triunfo na competição, depois das vitórias nos Mundiais de 2001 e 2015.

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019