Os socialistas espanhóis apresentaram, ontem ao parlamento, uma moção de censura ao governo de Mariano Rajoy. Não era certo mas o apoio dos Nacionalistas Bascos ao PSOE acabou por fazer cair, já esta sexta-feira, o executivo do Partido Popular espanhol.

Esta sexta-feira, segundo dia de debate, a jornada começou com a ausência de Rajoy. A porta-voz dos socialistas mostrava-se incrédula com a não comparência do chefe do executivo que só viria a aparecer para assistir ao momento da votação que ditaria o seu fim enquanto líder do governo.

O líder dos socialistas, Pedro Sánchez, conseguiu reunir os votos necessários para derrubar Mariano Rajoy. Sucede-lhe, assim, na liderança do governo de Espanha.

 

(Foto: Palácio do Planalto)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Dirigente parlamentar da UNITA eleito Presidente do partido

Adalberto da Costa Júnior foi escolhido, à primeira volta, n...

Angola    16 novembro 2019

Seleção da Guiné-Bissau abre qualificação para CAF 2021 a ganhar

Foi com um rotundo 3-1 que a seleção de futebol da Guiné-Bis...

Guiné-Bissau    14 novembro 2019

Presidente angolano visita o Papa no Vaticano

Foi na segunda-feira à noite que o chefe de Estado angolano ...

Angola    13 novembro 2019

UNITA elege novo presidente em congresso

Arranca hoje o XIII Congresso Ordinário da UNITA, União Naci...

Angola    13 novembro 2019

CEDEAO lança aviso a José Mário Vaz

A Comunidade dos Países da África Ocidental transmitiu ao Ch...

Guiné-Bissau    13 novembro 2019