Os socialistas espanhóis apresentaram, ontem ao parlamento, uma moção de censura ao governo de Mariano Rajoy. Não era certo mas o apoio dos Nacionalistas Bascos ao PSOE acabou por fazer cair, já esta sexta-feira, o executivo do Partido Popular espanhol.

Esta sexta-feira, segundo dia de debate, a jornada começou com a ausência de Rajoy. A porta-voz dos socialistas mostrava-se incrédula com a não comparência do chefe do executivo que só viria a aparecer para assistir ao momento da votação que ditaria o seu fim enquanto líder do governo.

O líder dos socialistas, Pedro Sánchez, conseguiu reunir os votos necessários para derrubar Mariano Rajoy. Sucede-lhe, assim, na liderança do governo de Espanha.

 

(Foto: Palácio do Planalto)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Presidente moçambicano vai condecorar veteranos da luta pela libertação

Filipe Nyusi anunciou, no sábado, na Praça dos Heróis Moçamb...

Todas as Notícias    03 fevereiro 2019

Museu do Campo de Concentração do Tarrafal recebe 9000 visitas

Foram 22096 as pessoas que visitaram, em 2018, os museus de ...

Cabo Verde    03 fevereiro 2019

Luanda recebe navios encomendados por José Eduardo dos Santos

Chegaram a Angola seis dos 17 navios patrulha encomendados, ...

Angola    02 fevereiro 2019

Cinco partidos da Guiné-Bissau assinam acordo eleitoral

O entendimento, envolvendo PAIGC, PCD, PND, UN e PUN visa, e...

Guiné-Bissau    01 fevereiro 2019

Desastres como os de Mariana e Brumadinho podem repetir-se no Brasil

No país, mais de 700 barragens apresentam risco de ruptura c...

Brasil    01 fevereiro 2019