Os socialistas espanhóis apresentaram, ontem ao parlamento, uma moção de censura ao governo de Mariano Rajoy. Não era certo mas o apoio dos Nacionalistas Bascos ao PSOE acabou por fazer cair, já esta sexta-feira, o executivo do Partido Popular espanhol.

Esta sexta-feira, segundo dia de debate, a jornada começou com a ausência de Rajoy. A porta-voz dos socialistas mostrava-se incrédula com a não comparência do chefe do executivo que só viria a aparecer para assistir ao momento da votação que ditaria o seu fim enquanto líder do governo.

O líder dos socialistas, Pedro Sánchez, conseguiu reunir os votos necessários para derrubar Mariano Rajoy. Sucede-lhe, assim, na liderança do governo de Espanha.

 

(Foto: Palácio do Planalto)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Cabo Verde primeiro país africano a aderir à descarbonização dos transportes

A cerimónia de adesão à referida Aliança decorreu hoje, 24 d...

Cabo Verde    24 abril 2019

Tribunal reduz pena a Lula da Silva

O Superior Tribunal de Justiça do Brasil decidiu passar de 1...

Brasil    24 abril 2019

Aprovada proposta de lei para criação de autarquias em Angola

Foi aprovada, pelo Parlamento angolano, na generalidade, a p...

Angola    23 abril 2019

Presidente de Moçambique na China

Filipe Nyusi está, em Pequim, para participar no segundo Fór...

Moçambique    22 abril 2019

Países lusófonos entre a boa e a difícil situação no que toca a liberdade de imprensa

Portugal subiu dois lugares na classificação dos Repórteres ...

Geral    22 abril 2019