A Volkswagen chegou a um acordo com as autoridades dos EUA relativo aos veículos afetados pela fraude nos testes de emissões poluentes.

Segundo o juiz Charles Breyer, de São Francisco, "o acordo preliminar inclui compensações substanciais aos consumidores afetados pela adulteração dos motores" e a criação de um fundo para "promover iniciativas ecológicas no setor automóvel". O acordo deverá custar à construtora automóvel germânica mais de 10 mil milhões de dólares. 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019

Ponte desaba no Norte de Moçambique

A queda da infraestrutura deixa milhares de pessoas isoladas...

Moçambique    28 dezembro 2019

Autoridades portuguesas desmantelam rede de imigração ilegal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras desarticulou um grupo...

Portugal    22 dezembro 2019