Está assinado o acordo de paz entre FARC e autoridades colombianas. «Viemos a Cuba alcançar um acordo de paz, para pôr fim a uma guerra que ultrapassa o meio século», palavra publicadas pelas FARC, Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, na sua conta do Twitter, poucas horas antes da assinatura, em Havana, do acordo de cessar-fogo bilateral e definitivo com o governo colombiano. O documento, que será firmado às 18 horas, hora de Lisboa, põe fim à luta armada que começou em 1964 e fez mais de 220 mil mortos no país. Na sua página do Twitter a Presidência colombiana também saúda este dia que marca um novo começo para o país: «O campo e a cidade poderão viver em paz. Com o fim do conflito acaba a guerra. Acaba o medo!». O Secretário-geral das Nações Unidas Ban Ki-Moon deslocou-se à capital cubana para assistir a este momento histórico onde deverão também estar presentes o presidente de Cuba, Raúl Castro, o chanceler da Noruega, Borge Brede, bem como representantes dos países envolvidos nas negociações, entre eles os chefes de Estado da Venezuela, Nicolás Maduro e do Chile, Michelle Bachelet. As conversações para a paz no país foram iniciadas e interrompidas várias vezes ao longo dos anos. Mas desta vez, e segundo as FARC, «Nunca antes estivemos tão perto de assinar um cessar-fogo e de hostilidades bilateral e definitivo como agora».

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Presidente de Timor solicita constitucionalidade de diplomas aprovados no Parlamento

Em causa está a nova formulação das Leis do Fundo Petrolífer...

Timor-Leste    13 agosto 2019

Alemanha suspende investimentos no Brasil

Na base da decisão está a política ambiental do Governo Bras...

Brasil    12 agosto 2019

Há 500 anos começava a primeira viagem de circum-navegação

Há 500 anos o português Fernão de Magalhães e o espanhol Seb...

Portugal    10 agosto 2019

Angola e Cabo Verde acordam fim da dupla tributação

Os governos de Angola e Cabo Verde assinaram, quinta-feira e...

Geral    09 agosto 2019

Umaro Sissoco Embaló é candidato às Presidenciais

O MADEM-G15, Movimento para a Alternância Democrata – G15, r...

Guiné-Bissau    09 agosto 2019