Na reunião, o maior partido da oposição de São Tomé e Príncipe vai eleger o seu Presidente, bem como discutir e votar um novo Estatuto, que defina “as regras claras de um partido democrático”.

A força política, que Governou o país nas duas últimas legislaturas, está sem líder, depois de Patrice Trovoada ter apresentado a demissão, na sequência da perda da maioria absoluta e do afastamento da governação do país.

No entanto, o ex-Primeiro-Ministro são-tomense não descarta a possibilidade de concorrer ao cargo e de apresentar uma moção ao Congresso.

Patrice Trovoada faz depender o seu regresso do trabalho de reestruturação do partido de que o partido está a ser alvo até ao Congresso.

O Conselho Nacional da Acção Democrática Independente, para além de ter marcado a data do encontro, criou uma Comissão de Gestão para preparar o preparar.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Luto Nacional em Cabo Verde por morte do 1º bispo cabo-verdiano

O governo de Cabo Verde decretou dois dias de Luto Nacional ...

Cabo Verde    19 junho 2019

Presidenciais agendadas para 24 de novembro na Guiné-Bissau

O Presidente da República da Guiné-Bissau agendou, para 24 d...

Guiné-Bissau    19 junho 2019

Cimeira de Negócios Estados Unidos e África decorre em Maputo

A iniciativa vai de hoje a sexta-feira, envolvendo delegaçõe...

Moçambique    18 junho 2019

Fim da crise política na Guiné-Bissau?

A poucos dias do final do seu mandato, enquanto presidente d...

Guiné-Bissau    18 junho 2019

Corrupção e novos rostos no VII Congresso Extraordinário do MPLA

O VII Congresso Extraordinário do MPLA terminou com novidade...

Angola    18 junho 2019