Na reunião, o maior partido da oposição de São Tomé e Príncipe vai eleger o seu Presidente, bem como discutir e votar um novo Estatuto, que defina “as regras claras de um partido democrático”.

A força política, que Governou o país nas duas últimas legislaturas, está sem líder, depois de Patrice Trovoada ter apresentado a demissão, na sequência da perda da maioria absoluta e do afastamento da governação do país.

No entanto, o ex-Primeiro-Ministro são-tomense não descarta a possibilidade de concorrer ao cargo e de apresentar uma moção ao Congresso.

Patrice Trovoada faz depender o seu regresso do trabalho de reestruturação do partido de que o partido está a ser alvo até ao Congresso.

O Conselho Nacional da Acção Democrática Independente, para além de ter marcado a data do encontro, criou uma Comissão de Gestão para preparar o preparar.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Cabo Verde primeiro país africano a aderir à descarbonização dos transportes

A cerimónia de adesão à referida Aliança decorreu hoje, 24 d...

Cabo Verde    24 abril 2019

Tribunal reduz pena a Lula da Silva

O Superior Tribunal de Justiça do Brasil decidiu passar de 1...

Brasil    24 abril 2019

Aprovada proposta de lei para criação de autarquias em Angola

Foi aprovada, pelo Parlamento angolano, na generalidade, a p...

Angola    23 abril 2019

Presidente de Moçambique na China

Filipe Nyusi está, em Pequim, para participar no segundo Fór...

Moçambique    22 abril 2019

Países lusófonos entre a boa e a difícil situação no que toca a liberdade de imprensa

Portugal subiu dois lugares na classificação dos Repórteres ...

Geral    22 abril 2019