Timor-Leste tem, desde o início da semana, uma fábrica da cervejeira Heineken. Trata-se da primeira unidade fabril internacional instalada no país e custou 38 milhões de dólares, cerca de 31 milhões de euros.

O Presidente timorense inaugurou as instalações, localizadas em Hera, a leste da capital, Díli, e afirmou que esta nova fábrica tem um impacto “transversal na economia de Timor-Leste" direto, através da criação de empregos, mas também indireto já que contibui, e entre outras coisas, para o desenvolvimento da agricultura local.

O projeto foi começado a ser tratado em 2014 mas só em janeiro de 2015 foi assinado 2015 um Acordo de Investimento Especial, com o governo de Timor-Leste.

 

(Foto: Gabinete do Primeiro-Ministro - @pm.VIIgov.tl)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Presidente de Timor solicita constitucionalidade de diplomas aprovados no Parlamento

Em causa está a nova formulação das Leis do Fundo Petrolífer...

Timor-Leste    13 agosto 2019

Alemanha suspende investimentos no Brasil

Na base da decisão está a política ambiental do Governo Bras...

Brasil    12 agosto 2019

Há 500 anos começava a primeira viagem de circum-navegação

Há 500 anos o português Fernão de Magalhães e o espanhol Seb...

Portugal    10 agosto 2019

Angola e Cabo Verde acordam fim da dupla tributação

Os governos de Angola e Cabo Verde assinaram, quinta-feira e...

Geral    09 agosto 2019

Umaro Sissoco Embaló é candidato às Presidenciais

O MADEM-G15, Movimento para a Alternância Democrata – G15, r...

Guiné-Bissau    09 agosto 2019