A situação está exposta no Livro de Dados da Criança relativo ao ano passado. O indicador abrange os petizes com menos de 14 anos.

O relatório revela que metade das crianças sofre de nanismo severo ou moderada e uma em cada três crianças tem o mesmo indicador no que toca ao seu peso. Por outro lado, uma em cada dez apresenta mesmo um estado débil.

Estes dados assumem maior importância e preocupação dado que mais de 46 por cento da população do país tem menos de 18 anos e quase 13 por cento ainda não chegou aos cinco.

Daí que, quer no conjunto das nações do Sudoeste Asiático quer da Comunidade dos países lusófonos, Timor é o território com maior percentagem de menores de cinco anos com atraso no crescimento, devido a má nutrição.

A pobreza infantil é mais expressiva nas zonas urbanas. No entanto, a capital do país apresenta os indicadores mais baixos.

O trabalho desenvolvido pela UNICEF contou com a colaboração do Governo timorense.

Não obstante os dados da pobreza e da nutrição, o relatório mostra ainda que a taxa de mortalidade infantil, de 2002 a 2016, caiu de 125 para 14 por milhar de nascimentos.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Um milhão de euros para apoiar Presidenciais guineenses

A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presid...

Guiné-Bissau    02 outubro 2019

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019