Depois de conhecida a decisão do Senado, de afastar da presidência do Brasil Dilma Rousseff, milhares de pessoas manifestaram-se no centro de São Paulo.

O que começou com uma manifestação pacífica, com cartazes e palavras de ordem, marcada através das redes sociais, acabou em violência e vandalismo e com a polícia a lançar gás lacrimogéneo.

O protesto começou ao fim da tarde, já noite em Lisboa (22h), junto ao Museu de Arte de São Paulo e seguiu pela Avenida Paulista em direção à Rua da Consolação. Os manifestantes eram esperados pela polícia e os confrontos começaram. A polícia lançou gás lacrimogéneo, os manifestantes fizeram fogueiras, com lixo.

Os tumultos alastraram a outras áreas do centro da cidade paulista e, segundo os média brasileiros a outras cidades, entre elas RIo de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte.

 

 

 

 

 

 

 

 

(FOTOS: @democracia_pela; @MidiaNINJA; Veja Brasil)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019