O Estado brasileiro de Minas Gerais declarou o Estado de Emergência devido à propagação da febre amarela nas zonas rurais. Mas, especialistas não põem de parte a possibilidade do vírus chegar às cidades ou mesmo chegar a Estados vizinhos.
 
Desde 1942 que não se registam casos urbanos de febra amarela.
 
O surto tem provocado uma corrida aos postos de saúde, onde a vacina não chega para a procura.
 
Segundo dados oficiais , apenas metade da população de Minas Gerais está vacinada contra a doença. No país, a percentagem sobe para 64.
 
Desde Dezembro registaram-se 25 óbitos devido à doença. Em 272 suspeitas, 47 foram confirmadas como febre amarela. A maioria concentra-se na área leste de Minas Gerais. Mais 71 mortes e 154 doentes estão em investigação.
 
A quase totalidade dos falecidos são homens, reformados, lavradores ou moravam no campo. Outro dado importante, não tinham histórico de vacinação.
 
Os sintomas da febre amarela incluem febre súbita, dores de cabeça e costas, vómitos, fadiga e arrepios.
 
Dada a situação, o Estado de Minas declarou o Estado de Emergência.
 
Nos Estados da Baía e do Espírito Santo, vizinhos da região afectada, a vacinação contra a febre amarela vai ser reforçada.

Comentar

Comentários   

0 # Stevkabeak 30-09-2019 23:14
Cytotec Et Pose De Mirena levitra on line Acquisto Cialis Senza Ricetta
Responder | Responder com citação | Citar
{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019