O Governo cabo-verdiano tem no terreno um programa para adequar a agricultura familiar às mudanças climáticas. O projecto, com a duração de quatro anos, vai beneficiar mais de seis mil pessoas, em quatro ilhas do arquipélago.

A iniciativa, denominada Adaptação da Agricultura Familiar às Mudanças Climáticas, visa contribuir para a melhoria das condições de vida da população rural de 10 locais, bem como aumentar a sua capacidade de resposta às alterações climáticas.

Estão previstas intervenções nas bacias hidrográficas de São Nicolau, Santiago, Fogo e Brava.

A acção vai incidir sobre a gestão da água, conservação dos solos, utilização de técnicas e organização que permitam a exploração sustentável dos recursos naturais.

Com o programa, as autoridades de Cabo Verde pretendem aumentar a produtividade e o rendimento das famílias, assegurar a sua segurança alimentar, reduzir a pobreza e contribuir para o crescimento económico do país.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019