A organização tem uma nova estratégia para o arquipélago lusófono. Agora, o crescimento económico do país vai estar orientado para o desenvolvimento do sector dos serviços, quer a médio quer a longo prazo, como forma de prevenir crises na economia de Cabo Verde.

O plano dispõe de um orçamento que ascende a 82 milhões de euros, mais 39 milhões do que o anterior, para os próximos três anos. O aumento decorre de Cabo Verde ser um pequeno país, com baixo rendimento e, sobretudo, “boa governação”.

Os fundos estarão disponíveis a partir de julho, mas a nova estratégia só será aplicada a partir do próximo ano.

Outra novidade, a ajuda vai centrar-se no crescimento económico, mas preparando o país para factores adversos imprevistos, nomeadamente de ordem natural, como uma grande tempestade, ou erupção vulcânica. Neste âmbito, está prevista a criação e o desenvolvimento de uma rede de segurança das populações.

O anterior Programa apostou, sobretudo, no financiamento de infra-estruturas, transportes e turismo.

O actual prevê, também, a consolidação do sector empresarial do Estado, com apoios e financiamentos à reestruturação das empresas públicas. A primeira deverá ser a companhia aérea nacional, cujo plano está a ser trabalhado pelo Governo, com apoio técnico do Banco Mundial.

As verbas a disponibilizar pela instituição, por projecto, dispõem de taxas de juro de zero por cento ou inferiores, um período de carência de cinco a dez anos e prazos de pagamento de 25 a 40 anos.

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019