Gracelino Barbosa, o atleta paralímpico cabo-verdiano, medalhado nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, conquistou o ouro nos 100 metros do Campeonato do Mundo de atletismo da Federação Internacional para Atletas com Deficiência Intelectual (INAS). Prova que está a decorrer em Banguecoque, na Tailândia. Foi a primeira participação do atleta nesta competição.

À Rádio de Cabo Verde o desportista, residente em Portugal, mostrou-se contente e afirmou que, ainda que tivesse como objetivo ficar nos três primeiros lugares, a vitória foi inesperada. 

Gracelino Barbosa, que vai competir ainda nos 110 e nos 400 metros barreiras, partiu sozinho para a Tailândia. Não levou sequer treinador.

No Rio de Janeiro, em agosto do ano passado, tinha conquistado a primeira medalha olímpica de sempre para Cabo Verde.

O Governo cabo-verdiano já se congratulou com a vitória de Gracelino Barbosa atleta detentor do recorde mundial dos 400 metros, alcançado num campeonato de Pista Coberta, em Portugal, 2016.

Na Gala do Desporto Cabo-verdiano tinha ganho, no ano passado, o troféu de Atleta Masculino do ano.

 

(Foto: @GalaDoDesportoCaboverdiano)

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019