O Uganda foi, à cidade da Praia, vencer a selecção cabo-verdiana por uma bola a zero. O único golo da partida foi apontado aos 83 minutos, por Serunkuma.

Com este resultado a selecção visitante assume a primeira posição do Grupo L da fase de apuramento da Taça das Nações Africanas já que, na outra partida do grupo, a Tanzânia e o Lesoto empataram a um.

O Uganda jogou muito fechado não permitindo grandes oportunidades de golo aos Tubarões Azuis que, ao contrário do que se esperava, não foi um conjunto pressionante.

O jogo, inicialmente marcado para sábado, foi adiado para ontem, porque parte da selecção ugandesa não conseguiu chegar a tempo à capital de Cabo-Verde.

A Federação Cabo-Verdiana de Futebol apresentou um protesto à Confederação Africana de Futebol, com conhecimento à FIFA, por considerar ilegal o adiamento do jogo.

A segunda jornada está marcada para Março do próximo ano, com Cabo Verde a deslocar-se ao Lesoto e o Uganda a receber a Tanzânia.

Os vencedores de cada grupo e os três melhores segundos classificados vão disputar, nos Camarões, a fase final do principal torneio de selecções africanas de futebol.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019