Na missiva, Ricardo Vélez Rodrigues, dirigindo-se aos alunos, escreve:                                                                                                          

Brasileiros! Vamos saudar o Brasil dos novos tempos e celebrar a educação responsável e de qualidade a ser desenvolvida na nossa escola pelos professores, em benefício de você, alunos, que constituem a nova geração. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!”.

As duas últimas frases foram utilizadas como lema da campanha eleitoral pelo candidato Jair Bolsonaro, agora Chefe de Estado brasileiro.

Na solicitação que dirigiu às escolas, o organismo que tutela o ensino no Brasil, solicita que o escrito seja lido no início do ano lectivo e que os Directores organizem os estudantes para cantar o hino nacional.

O Ministério insta também a que as escolas gravem, em telemóvel, e enviem, ao Governo, “trechos curtos da leitura da carta e da execução do hino”.

A instituição específica o tamanho da mensagem, indicando que a mesma deve conter o nome da escola, o número de alunos, de professores e de funcionários.

O pedido foi dirigido, por e-mail, tanto a estabelecimentos de ensino públicos como privados.

De acordo com o Ministério da Educação, a actividade faz parte da “política de incentivo à valorização dos símbolos nacionais”.

A carta gerou reações de perplexidade e critica, com alguns a defenderem que o seu teor é motivo suficiente para o Ministro apresentar a demissão.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Luto Nacional em Cabo Verde por morte do 1º bispo cabo-verdiano

O governo de Cabo Verde decretou dois dias de Luto Nacional ...

Cabo Verde    19 junho 2019

Cimeira de Negócios Estados Unidos e África decorre em Maputo

A iniciativa vai de hoje a sexta-feira, envolvendo delegaçõe...

Moçambique    18 junho 2019

Fim da crise política na Guiné-Bissau?

A poucos dias do final do seu mandato, enquanto presidente d...

Guiné-Bissau    18 junho 2019

Corrupção e novos rostos no VII Congresso Extraordinário do MPLA

O VII Congresso Extraordinário do MPLA terminou com novidade...

Angola    18 junho 2019

Portugal entre os países mais seguros do mundo e da Lusofonia

Portugal é considerado, pelo Global Peace Index 2019, como o...

Portugal    15 junho 2019