A venda rendeu 14 milhões e 500 mil euros. A comercialização foi realizada, por oferta, na plataforma electrónica, www.sodiamsales.com, criada especialmente para o efeito.

Participaram na licitação 31 empresas, da Bélgica, Emirados Árabes Unidos, Índia, Estados Unidos, África do Sul, Israel, China, bem como de Angola, que se registaram previamente para a mesma.

A empresa pública angolana levou a leilão sete pedras que considera “especiais”, pelos seus quilates, de mais de 43 e quase 115, provenientes da Sociedade Mineira do Lulo. Entre as preciosidades destacavam-se duas pedras, a maior - com 23 gramas - e uma rosa, com mais de nove gramas.

Desta forma, a Sodiam começou a aplicar a Política de Comercialização de Diamantes, estabelecida, no ano Passado, pelo Governo angolano.

A venda rende ao Estado angolano mais de um milhão de euros, resultado de cinco por cento de royalties e de 2,5 por cento de imposto industrial.

As autoridades angolanas consideram o leilão um momento histórico que deixa o Governo “deveras satisfeito” não só pelo “resultado obtido”, mas também “pela forma eficiente, profissional e transparente em que assentou todo o processo”.

As empresas vencedoras do concurso são a Arslanian Group DMCC, a Blue Glacier Diamonds, a Kapu Gems, a Shree Ramkrishna Export, a M.B.D. BVDA, bem com o Julius Klein Group.

Até ao final do ano, está prevista a venda de mais diamantes angolanos em cinco ou seis leilões, em plataformas internacionais.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Presidente moçambicano vai condecorar veteranos da luta pela libertação

Filipe Nyusi anunciou, no sábado, na Praça dos Heróis Moçamb...

Todas as Notícias    03 fevereiro 2019

Museu do Campo de Concentração do Tarrafal recebe 9000 visitas

Foram 22096 as pessoas que visitaram, em 2018, os museus de ...

Cabo Verde    03 fevereiro 2019

Luanda recebe navios encomendados por José Eduardo dos Santos

Chegaram a Angola seis dos 17 navios patrulha encomendados, ...

Angola    02 fevereiro 2019

Cinco partidos da Guiné-Bissau assinam acordo eleitoral

O entendimento, envolvendo PAIGC, PCD, PND, UN e PUN visa, e...

Guiné-Bissau    01 fevereiro 2019

Desastres como os de Mariana e Brumadinho podem repetir-se no Brasil

No país, mais de 700 barragens apresentam risco de ruptura c...

Brasil    01 fevereiro 2019