A TAAG recomeçou, hoje, 29 de Abril, os voos de Luanda para a ilha do Sal e vice-versa.  A rota a realizar duas vezes por semana, em cada sentido, conta com uma paragem em São Tomé e Príncipe.

A companhia angola vai utiliza aviões Boeing 737-700 NG, com capacidade para 120 passageiros.

As autoridades do cabo-verdianas consideram a rota de “grande importância”, pelas oportunidades que abre no domínio do turismo. O mesmo se passa com os operadores do sector instalados no arquipélago.

A retoma das ligações aéreas entre os dois países decorre do entendimento a que chegaram, o ano passado, os ministros de ambos os Estados, no campo dos transportes aéreos e marítimos.

O Governo de Cabo Verde pretende dinamizar a mobilidade entre os países da CPLP, considerando que as ligações entre Luanda e o Sal servem de exemplo para que outros países promovam a mobilidade no seio da comunidade lusófona.

Os voos comerciais entre os dois países tinham sido suspensos, há três anos, por razões económicas.

Está previsto que as linhas Aéreas de Cabo Verde comecem a fazer a mesma ligação a partir de Outubro.

As linhas aéreas angolanas voam para 25 destinos internacionais, contando com 13 aeronaves.

Entre esses destinos encontram-se Lisboa, Pequim, São Paulo, Joanesburgo, Moçambique, Harare e Brazaville.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

CEDEAO quer fim de contenda eleitoral

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que ...

Guiné-Bissau    12 fevereiro 2020

Novo governo moçambicano toma posse

Tomou posse, dois dias depois da investidura de Filipe Nyusi...

Moçambique    18 janeiro 2020

Filipe Nyusi toma posse para um segundo mandato

Filipe Nyusi tomou posse, esta quarta-feira, para um segundo...

Moçambique    16 janeiro 2020

Umaro Sissoco Embaló eleito Presidente da Guiné-Bissau

O candidato do MADEM ultrapassou Domingos Simões Pereira por...

Guiné-Bissau    01 janeiro 2020

Guineenses votam para Presidente da República

Os eleitores da Guiné-Bissau encolhem entre Domingos Simões ...

Guiné-Bissau    29 dezembro 2019