A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presidenciais, na Guiné-Bissau, com um milhão de euros. A informação foi avançada pela nova representante da UE no país, Sónia Neto, à saída de um encontro com o chefe de Estado que servia para entregar as cartas credenciais.

O bloco forte europeu pretende, com esta verba, "contribuir para a normalização e estabilização da situação política, aproveitando os instrumentos que a União Europeia disponibiliza para o desenvolvimento sustentável", como frisou Sónia Neto aos jornalistas no Palácio Presidencial. 

O financiamento será feito através do Programa das Nações Unidas de Apoio ao Desenvolvimento, PNUD. Aguarda-se ainda uma decisão de Bruxelas sobre a missão de peritos da organização que será enviada para observar a eleição. O escrutínio está agendado para o próximo dia 24 de novembro.

 

 

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Um milhão de euros para apoiar Presidenciais guineenses

A União Europeia vai apoiar a realização das eleições Presid...

Guiné-Bissau    02 outubro 2019

Prata para Portugal nos Mundiais de Atletismo

O atleta português João Vieira, de 43 anos, conquistou a med...

Portugal    01 outubro 2019

Empresa internacionais deixam de comprar produtos brasileiros

Entre essas firmas, encontram-se as marcas Timberland, Vanda...

Brasil    29 setembro 2019

Seca agrava-se no Sul de Angola

A falta de chuva está a afectar mais de dois milhões de pess...

Angola    27 setembro 2019

Pesticidas matam milhões de abelhas no Brasil

São milhões os enxames que desapareceram no sul do país. A r...

Brasil    25 setembro 2019