O país lusófono conta, a partir de hoje, com uma participação sem direito a veto, naquele organismo das Nações Unidas.

A Guiné-Equatorial é um dos seis territórios que entraram para o Conselho de Segurança nestas condições. Os outros são a Costa do Marfim, o Kuwait, a Holanda, o Peru e a Polónia.

O Conselho de Segurança é formado por 15 Estados membros, mas apenas a China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia têm poder de veto.

A Presidência daquele órgão é ocupada por representante do Cazaquistão.

O organismo reuniu hoje, dois de Janeiro, à porta fechada, para decidir o programa de trabalho para este mês.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Brasil vence Taça América

A seleção canarinha ganhou ao Peru, por três bolas a uma, na...

Brasil    08 julho 2019

Equipas lusófonas entram a perder nos Mundiais de Hóquei em Patins

Angola, em masculinos, e Portugal, em femininos, não lograra...

Geral    07 julho 2019

Centro Cultural Cabo Verde nasce em Lisboa

Foi inaugurado o Centro Cultural Cabo Verde, um pólo de prom...

Cabo Verde    07 julho 2019

Português Tiago Ferreira é campeão da Europa de Maratona BTT

Tiago Ferreira venceu o campeonato da Europa de Maratona BTT...

Portugal    07 julho 2019

Começa hoje o Mundial de Hóquei em Patins

A fase de grupos da prova começa hoje, 6 de Julho, em Barcel...

Geral    06 julho 2019