Depois de Pyongyang ter realizado um novo teste com mísseis balísticos de médio alcance, esta quarta-feira, as reações não se fizeram esperar. A Coreia do Sul e o Japão exigem novas sanções contra a Coreia do Norte. Segundo o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, este teste, como os anteriores, "representam uma clara violação das resoluções do Conselho de Segurança da ONU". O Ministério da Defesa sul-coreano, adianta que foram lançados dois mísseis, que um dos lançamentos falhou, mas que o outro foi projetado a 400 quilómetros de distância. Para o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, John Kirby, esta situação só acelera os esforços da comunidade internacional para frustrar o programa de armamento ilícito de Pyongyang.

Comentar

{{#image}}
{{/image}}
{{text}} {{subtext}}

Notícias Recentes

Ao terceiro jogo angolanas ganham e Brasileiras perdem no Mundial de Andebol feminino

A terceira jornada da fase de grupos da competição ditou a p...

Geral    04 dezembro 2019

Primeiro-Ministro de Timor defende Orçamento Geral do Estado

Taur Matan Ruak considera que a despesa inscrita no document...

Timor-Leste    03 dezembro 2019

Governo estuda privatização do Banco do Brasil

A proposta está a ser elaborada pelo Ministério da Economia ...

Brasil    03 dezembro 2019

Sortes diferentes para angolanas e brasileiras no Mundial de Andebol

Na segunda jornada da prova, as representantes de Angola per...

Geral    03 dezembro 2019

Portugal vence Mundial de Futebol de Praia

É a terceira vez que a selecção lusa concretiza esse objecti...

Portugal    02 dezembro 2019